REPROGRAMAÇÃO MENTAL

Lei Da Compreensão: No processo cognitivo, entender refere-se às partes. Compreender refere-se ao todo, ao funcionamento do sistema.

A respeito das atitudes atrapalhadas, pode-se entender que em algum momento a resposta a uma dificuldade não foi a melhor pelos resultados obtidos. Não ter agido na direção dos objetivos torna-se um fracasso momentâneo que causa intenso sofrimento, desconforto e imobilidade.

Segundo Grisa (2000, p. 45) "Enquanto não entendemos uma situação, somos vítimas dela. Quando a compreendemos, podemos passar a exercer controle sobre ela, até sermos donos da situação, efetivamente."

A compreensão encaixa o funcionamento das partes. Somente a observação à distância permite verificar como o fato acontece. No processo de compreensão primeiro se entende como funcionam as partes para, no final, perceber como se obtém o domínio sobre o processo.

Os níveis de compreensão, decorrentes da estrutura funcional da mente humana são:

  • Entender que o ser Humano não é um, é dois: Consciente e Subconsciente.

  • Entender e compreender como funciona cada um deles.

  • Entender como o Subconsciente é programado, com programações decorrentes das diferentes dimensões.

  • Perceber o fato perturbador, prejudicial ou traumático sob outro ponto de vista que não seja o da perturbação, do prejuízo ou do trauma. Somente aqui no quarto nível de compreensão é que a técnica da Hipnose pode contribuir para a efetiva e definitiva reprogramação do subconsciente.

Compreender a parte dentro do todo ou compreender o todo no conjunto das partes, ou ainda compreender a função de cada parte no conjunto do todo, eis uma atividade específica da Mente Racional, da Razão, do Consciente.

A compreensão, realizada nos domínios do Consciente, organiza automaticamente as programações correspondentes no Subconsciente. Organizadas e reestruturadas as programações dentro de um novo programa ou sistema, produzem novas e distintas reações, alterando o rumo dos fatos e acontecimentos na vida do indivíduo. (GRISA, 2000, p. 45).

A compreensão é o método de reprogramação que faz perceber o fato traumático sob outro ponto de vista, permitindo assim a libertação de bloqueios, traumas, conflitos, inseguranças, medos, depressão, fobias, ansiedade e da síndrome do pânico.

A lei da compreensão consiste em perceber o fato perturbador, prejudicial ou traumático sob outro ponto de vista, que não seja a visão fantasmagórica da perturbação, do prejuízo e do trauma. É perceber o fato em seu contexto maior, [...] (GRISA, 2007, P. 60)

Segundo Heiderscheit (1998, p. 57):

[...] a forma mais profunda e eficiente de reprogramar o SUBCONSCIENTE, começa pela compreensão do seu próprio mecanismo que, depois de programado, executa sem questionar o resultado. Em seguida, busque analisar, entender e compreender uma situação traumática sobre outro ponto de vista, isto é, perceber a realidade maior. Se você está aqui, hoje, lendo este livro, por pior que tenha sido o perigo ou a ameaça de perigo vivenciada para trás, na sua vida, você venceu!

A compreensão é uma atividade do Consciente ou da Função Racional. A Função Racional é o mais alto grau de desenvolvimento que o ser vivo já atingiu. Por isso ele se distingue dos animais irracionais, simplesmente pelo fato de possuir capacidade racional.

As convicções, como a compreensão, definem uma estrutura ou organização das informações registradas pelo subconsciente, produzindo uma programação ou reprogramação dele.

A Parapsicologia Científica Independente, e particularmente o "Sistema Grisa", descobre que o Método da Compreensão é o único caminho para o indivíduo libertar-se, profunda e definitivamente, dos bloqueios, traumas e conflitos, bem como de inseguranças, medos, fobias, ansiedade, angústia, depressão e da própria síndrome do pânico.

A essência do método alicerça-se na mudança de ótica diante dos fatos ou dos diversos acontecimentos que deram origem ou fortaleceram o problema: ver o fato traumático sob outro ponto de vista ou outros ângulos que não sejam aqueles que causaram o impacto perturbador.

A Terapia Holística, preconizada pelo Sistema Grisa, fundamenta-se na compreensão do todo cósmico, dentro da estrutura funcional do micro ao macrocosmo, tanto na compreensão das suas amplas e diferentes dimensões: Leis Cósmicas, Leis Naturais de Sobrevivência, Programações Culturais Milenares, as programações Familiares (de vida intrauterina, do processo de nascimento), bem como o contexto familiar e a estrutura da personalidade pragmática e idealista, dos cinco papéis, além das programações pessoais, decorrentes das experiências individuais, quanto da compreensão. Segundo Grisa (2009, p. 38):

A compreensão efetiva só ocorre, observando-se a percepção geral, culminando na percepção do cosmos; e observando-se a percepção específica - o fato ou elemento particular, isolado, focalizado em si mesmo.

Quando a verdade efetiva e objetiva é percebida - despida de fantasmas - realiza-se a compreensão específica superando os enfoques negativos do fato, especificando a reprogramação mental correspondente no subconsciente da pessoa.

O Sistema Grisa preconiza uma Terapia Holística onde a Hipnose e a Auto-Hipnose são técnicas que contribuem para acelerar o Processo da Compreensão, visando reorganizar e aperfeiçoar a atividade mental do ser humano, por meio da programação e reprogramação do subconsciente.

Somente pela compreensão, em seu significado mais amplo, a pessoa estabelece ou modifica convicções e crenças que regem o acionar da Lei da Criação, construindo o mundo em que cada ser humano se move como Ser Único e Ser Social.

Só a plena compreensão reprograma o subconsciente eliminando a causa do distúrbio, da desarmonia, reintegrando a pessoa na dinâmica harmoniosa da evolução cósmica.

Conclui-se que é preciso compreender ("não apenas ressignificar o fato"). Compreender o fato em seu contexto Cósmico, Social, Pessoal e Particular.

Quando a pessoa compreende, organiza novamente todas as programações do subconsciente e desfruta da possibilidade de usar seu consciente para o efetivo comando da vida. "A verdade vos libertará." (Jo 8,32).

Reprogramação Mental Com Auxílio Da Hipnose Segundo O Sistema Grisa

Hipnose é fixar a mente em um elemento, a fixação da mente é conduzida pelo terapeuta, e o elemento é a própria vivencia a ser superada.

Se for recuperado o momento de crise por meio da Regressão de Memória, ativa-se a mesma emoção, sendo possível colocar a atenção sobre o fato (observação consciente).

Argumentando e buscando afastar o fantasma, consegue-se chamar a atenção para uma nova compreensão, que começa a ser potenciada: enxergar o acontecimento sob um novo prisma que dê atenção ao fato de que a situação lembrada pode se considerar superada, chamando a atenção para a capacidade do ser de superação a cada instante.

 

Fixar a mente num elemento é a pessoa concentrar tanto a atenção do Consciente quanto o automatismo do Subconsciente num só foco, ignorando tudo o que possa estar a sua volta. Esta é a essência do transe hipnótico.

Hipnose é uma técnica que visa acessar informações registradas no Subconsciente, acionado o processo de regressão de memória.

Pela Hipnose, pode-se fixar mais facilmente programações e convicções significativas no Subconsciente. Esses resultados podem ser fortalecidos, servindo-se das leias da Repetição e da Imaginação.

A Hipnose facilita reorganizar e reprogramar o Subconsciente, nos aspectos em que esteja mal programado, perturbando ou prejudicando a pessoa ou o grupo social. (GRISA, 2013, P. 75)

No final deste processo conta-se com uma nova programação e, assim, o cérebro racional consegue conduzir a vida sem precisar das intervenções atrapalhadas específicas do subconsciente.

Desta forma, contextualizado o perigo e sendo percebido de uma forma diferente, visto como uma verdade maior, afasta-se o fantasma ameaçador. Não é mais necessária a reação automática do subconsciente para proteger e pode-se afastar o comportamento duvidoso.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

GRISA, Pedro A. O Jogo e a Estrutura das Personalidades. 5. ed. Florianópolis: Edipappi. 2000.

O QUE DIFERENCIA UM PARAPSICÓLOGO CLÍNICO DO SISTEMA GRISA
DOS OUTROS TERAPEUTAS?

A compreensão de como se estrutura a personalidade e a facilidade em identificar a origem dos traumas e dificuldades da pessoa. Assim como o domínio das técnicas de programação e reprogramação mental.

Então, não perca mais tempo, procure agora mesmo um terapeuta desta linha. Verfifique que ele esteja associado a ABPSIG, o qual garante que seja realmente um PARAPSICÓLOGO CLÍNICO DO SISTEMA GRISA.

2020 ABPSIG - Associação Brasileira de Parapsicólogos do Sistema Grisa

Alameda Dr. Muricy, 390 - 1202 - Centro, Curitiba - PR, 80010-120 - Fone 047 988553723

E-mail:  abpsig2020@gmail.com